Notícias

Violência contra profissionais da Saúde é inadmissível

Enquanto em diversos países pessoas saem nas janelas para aplaudir profissionais da Saúde, no Brasil nós somos alvo de agressões e ofensas.

Foi assim em Brasília na última sexta-feira (1º), quando um grupo de militantes extremistas atacou enfermeiras e enfermeiros que realizavam um protesto silencioso por melhores condições de trabalho, e que homenageavam colegas que morreram tentando salvar pessoas da Covid-19.

É provável que o Brasil seja o único país onde profissionais de Saúde são atacados com violência por seguidores de seu presidente durante a pandemia.

Difícil entender as razões que levam alguém a agredir pessoas que estão arriscando suas vidas e de seus familiares para ajudar o país a enfrentar a maior crise sanitária dos últimos 100 anos.

Mais do que nos solidarizar com as colegas e os colegas agredidos, devemos fazer uma profunda reflexão sobre o ato de barbárie cometido contra as profissionais e os profissionais de saúde.

Fonte: SindSaúde-PR