Notícias

Todo apoio à luta de professoras, professores, trabalhadoras e trabalhadores da Educação do Paraná

Curitiba, 19 de novembro de 2020.

Às trabalhadoras e trabalhadores que atuam na Educação Pública Estadual,

O Sindicato dos Trabalhadores da Saúde Pública do Estado do Paraná (SindSaúde-PR) vem a público declarar o seu apoio e solidariedade às trabalhadoras e aos trabalhadores, entre professores e funcionários da Educação Pública, representados pela APP-Sindicato, que ocuparam a Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP) na quarta-feira (18) e que hoje (19) mantêm a mobilização por direitos.

Mesmo proibidos de se manifestar, diante de uma injusta punição de R$ 30 mil por dia, eles lutam contra o autoritarismo e a imposição de um processo irregular de prova para a contratação de professoras e professores PSS, que colocará em risco a saúde de aproximadamente 100 mil pessoas, que terão de se deslocar e se aglomerar em meio à pandemia da Covid-19.

O nosso apoio também segue às demais pautas da APP-Sindicato, que luta pela saída do secretário da pasta, Renato Feder, pela prorrogação dos contratos de professores e funcionários PSS em razão da pandemia, pelo fim do ensino noturno nas escolas que foram militarizadas de forma truculenta pelo Governo e para que seja mantido um espaço permanente de diálogo.

A todas e todos, o nosso apoio e solidariedade.

Diretoria do Sindicato dos Trabalhadores da Saúde Pública do Estado do Paraná (SindSaúde-PR)