NotíciasNotícias jurídicas

SindSaúde-PR e FES entram com ações para reverter medidas da Reforma da Previdência estadual

A luta contra a reforma da previdência das servidoras e dos servidores estaduais do Paraná não terminou. Junto com o Fórum de Entidades Sindicais do Paraná (FES), o SindSaúde-PR está entrando com ações contra algumas medidas que estão em vigor desde maio.

As entidades questionam o aumento da contribuição de 11% para 14% de todos os servidores e a redução do piso de isenção dos aposentados, que caiu de R$ 6.101,05 para três salários mínimos (atualmente R$ 3.135,00).

São duas frentes, uma junto ao Ministério Público e outra junto à Justiça, para tentar reverter as mudanças, que na prática significaram redução salarial.

“Estamos fazendo representação ao Procurador Geral de Justiça pedindo providências. Caso o parecer seja positivo, o próprio Ministério Público entrará com ação. A seguir, temos o caminho judicial. Entraremos com ação na Vara de Fazenda Pública”, explica Daniel Godoy, advogado do SindSaúde-PR.

Neste link você pode acessar a cartilha produzida pelo SindSaúde-PR, que explica as mudanças que afetaram ativos, aposentados e pensionistas.

E aqui você relembra como foi essa luta, encampada desde o início pelo SindSaúde-PR.

Fonte: SindSaúde-PR