Notícias

SindSaúde-PR e entidades sindicais pressionam Alep por reposição salarial

SindSaúde-PR e entidades sindicais pressionam Alep por reposição salarial

SindSaúde-PR e entidades sindicais pressionam Alep por reposição salarial

Em conjunto com o Fórum das Entidades Sindicais (FES) e com a União das Forças de Segurança (UFS) o SindSaúde-PR tem atuado para cobrar a reposição da inflação nos salários de servidoras e servidores do estado do Paraná.

Em 21 de setembro, as entidades se reuniram com o deputado Hussein Bakri (PSD), líder do governo Ratinho Júnior na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), exigindo uma posição da atual gestão e dos deputados sobre esta demanda urgente do funcionalismo público.

 

Seis anos de perda real nos salários

Servidoras e servidores públicos paranaenses vivem uma situação dramática: o governo vem barrando a reposição inflacionária nos salários há quase seis anos. A defasagem até o último mês de maio (data-base) chega a cerca de 25%.

Os impactos dessas perdas são evidentes no dia a dia de servidoras e servidores e de suas famílias é evidente.

A reposição se faz mais urgente tendo em vista o cenário econômico atual, de aumento constante do custo de vida a partir dos altos preços de combustíveis, alimentos e tarifas de energia. Em setembro de 2021, as projeções mais conservadoras indicavam uma inflação de ao menos 7% em 2021.

 

Funcionalismo continuará mobilizado

Ao final da reunião, o deputado Bakri se comprometeu a encaminhar as reivindicações do funcionalismo ao chefe da Casa Civil do governo do Paraná, Guto Silva, para retornar posteriormente com uma proposta.

O SindSaúde-PR e as demais entidades sindicais seguirão construindo mobilizações. A próxima será o Dia do Basta, marcado para 27 de setembro, em Foz do Iguaçu.

Fonte: SindSaúde