Notícias

SindSaúde-PR conversa com servidoras e servidores do HRSSL

Foto: AEN

O SindSaúde-PR realizou duas reuniões com servidoras e servidores do Hospital Regional São Sebastião da Lapa (HRSSL) com o objetivo de conversar sobre as pautas da categoria, inclusive sobre a incorporação da unidade ao Complexo Hospitalar do Trabalhador (CHT) para recebimento de pacientes de Covid-19. Os encontros foram na segunda-feira (18) e na terça-feira (19) no próprio HRSSL.

A direção do hospital tentou impedir a reunião, mas com diálogo e uma postura firme do sindicato as reuniões acabaram acontecendo. A diretoria do SindSaúde-PR esclareceu as servidoras e os servidores sobre as ações do sindicato em defesa da categoria e entregou materiais como folder sobre do assédio moral, calendário, cartilha da previdência e máscaras.

O assédio moral foi um dos temas debatidos. O SindSaúde-PR esclareceu que a entidade possui uma assessoria para fazer o acolhimento das demandas dos trabalhadores e das trabalhadoras, garantindo o sigilo sobre identidade de quem procura o sindicato. A partir desse acolhimento, as medidas de proteção dos trabalhadores podem ser tomadas para coibir novas práticas de assédio moral nos locais de trabalho.

A assessoria jurídica do SindSaúde-PR também participou da reunião e tirou as dúvidas da categoria em relação a temas como a contribuição previdenciária sobre a GAS (que não está sendo feita pelo governo estadual), aposentadoria, licença prêmio (agora licença capacitação) e a nova gestão do CHT.

Foram mais de 40 participantes de diferentes setores.

A diretoria do SindSaúde-PR reafirmou que está sempre à disposição das trabalhadoras e dos trabalhadores da SESA-PR, para tirar dúvidas e receber denúncias de problemas estruturais ou de casos de assédio moral.

O sindicato se comprometeu em fazer reuniões periódicas neste mesmo formato (em dois dias), para abranger os plantões e alcançar um maior número de participantes.

Fonte: SindSaúde-PR