NotíciasNotícias jurídicas

SindSaúde-PR cobra da SESA-PR a alimentação a servidores

O SindSaúde-PR solicitou que o secretário de Estado de Saúde, Beto Preto, garanta o fornecimento de refeições às trabalhadoras e aos trabalhadores (concursados e terceirizados) da Saúde que cumprem jornadas de 8 ou 12 horas nos hospitais próprios e em unidades da Funeas.

No dia 7 de abril de 2020, através do memorando circular 006/2020/GS/SESA, o secretário havia determinado o fornecimento dessa alimentação durante o período de enfrentamento à pandemia Covid-19.

Em alguns meses depois, suspendeu a medida, mais uma fazendo com que as trabalhadoras e os trabalhadores precisem se deslocar para se alimentar em estabelecimentos do entorno. Há também unidades que não possuem estrutura adequada para alimentação de quem opta por levar refeição de casa.

A solicitação do SindSaúde-PR leva em consideração a gravidade do atual cenário epidemiológico, a taxa de reprodução do vírus acima da média e o decreto estadual 6983, que determinou no dia 26 de fevereiro medidas restritivas obrigatórias para enfrentar o avanço da pandemia.

Requisitamos ao secretário que faça o uso de suas atribuições e autorize o fornecimento da alimentação às trabalhadoras e aos trabalhadores.

Para o SindSaúde-PR, a Secretaria precisa fazer mais do que parabenizar as servidoras e servidores na mídia. A SESA-PR deve dar o exemplo e implementar as medidas preventivas necessárias para proteger rapidamente suas equipes e a população.

 

Fonte: SindSaúde-PR