Notícias

Reforma Administrativa quer acabar com o que já está em falta

Reforma Administrativa quer acabar com o que já está em falta

Reforma Administrativa quer acabar com o que já está em falta

🤥 Para aprovar a Reforma Administrativa (PEC 32/2020), o governo Bolsonaro mente que há excesso de servidores no serviço público brasileiro. Mas quem precisa de atendimento sabe que a realidade é outra.

Por aqui, apenas 12% dos trabalhadores no Brasil atuam no serviço público.

📌 Estamos bem abaixo de 18%, que é a média de servidores nos países que fazem parte da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) – entidade que reúne as nações responsáveis por 62% do Produto Interno Bruto (PIB) de todo o planeta.

📌 E também estamos abaixo da média de países de tradição liberal, como os Estados Unidos. Lá, 15% dos trabalhadores são servidores – ou seja, nada de Estado mínimo.

No Brasil, a falta de servidores o suficiente para atender as demandas da população gera uma série de problemas no serviço público, como aumento das filas de espera, queda na qualidade do atendimento, e vários outros.

👿 O governo Bolsonaro sabe disso, e ainda culpa os servidores por esses problemas, para conseguir aprovar a PEC 32/2020.

Não caia nas mentiras dele! A Reforma Administrativa vai destruir o serviço público e piorar o sofrimento do povo.

#ServiçoPúblico #ÉPublico #ÉpraTodos #ValorizeOServidor #ReformaAdministrativaNão

 

Compartilhe a nossa campanha no Facebook

Siga-nos no Instagram