Notícias

Ponto facultativo no carnaval

O governo decretou, por meio de Circular 01/2019, que dias 4, 5 e 6 até às 14h será ponto facultativo. Só que quem não trabalhar, como é o caso daquelas/es que estão lotadas/os nas regionais, terão três meses para repor essas horas.

Uma gestão democrática teria o cuidado de, antes de tomar esse tipo de decisão, ouvir os sindicatos.

Só que o governador Ratinho Junior, seguindo a velha política, tomou a decisão do ponto facultativo de forma unilateral. A gestão exige que as atividades sejam paralisadas e que as horas não trabalhadas sejam repostas. E ainda dá prazo!

O Sindicato é contra a compensação. Isso porque o ponto facultativo é uma espécie de “feriado”, decretado pelos governos em dias úteis, nas datas especiais para o município/Estado ou Nação.

Esse tipo de decisão não faz sentido para quem conhece o serviço que executamos.

Memória – Em dezembro do ano passado, depois de muita reclamação das/os servidoras/es e muita argumentação do Sindicato, a governadora baixou decreto – nº 11.918 – estabelecendo ponto facultativo sem fazer menção à reposição de horas nos dias 24, 26, 27, 28 e 31/12.

É hora de mostrarmos mais uma vez a nossa indignação!

#suspendaacompensação