Notícias

Nota de solidariedade à vereadora eleita Carol Dartora, vítima de racismo e de ameaça de morte

Foto: Facebook de Carol Datora

O SindSaúde-PR vem a público prestar solidariedade à vereadora eleita Carol Dartora, que relatou ter sido vítima de ofensas racistas, machistas e de ter recebido ameaça de morte após as eleições em novembro.

Carol, que é servidora da rede estadual de Educação, recebeu a terceira maior votação em Curitiba e será a primeira parlamentar negra na história da capital paranaense. Os ataques vieram logo após a divulgação dos resultados do processo eleitoral.

É inaceitável que ainda exista em nossa sociedade atitudes como essas, baseadas na cor da pele e no gênero das pessoas.

O caso de Carol não é único. Após a divulgação dos resultados das eleições deste ano, surgiram em diferentes regiões do país diversas denúncias de vereadoras e prefeitas eleitas que sofreram ameaças nesse mesmo teor.

Não há dúvidas de que há componentes misóginos nesses ataques, vindas de pessoas que se aproveitam do comportamento de nossos governantes, que se negam a assumir que existe racismo estrutural no Brasil.

É preciso, mais do que nunca, combater violências dessa natureza com rigor, para mudarmos essa triste realidade.

Por isso, expressamos aqui toda a nossa solidariedade à Carol Dartora e a todas as demais mulheres que sofreram ataques desse tipo.

Diante da gravidade dos fatos, é urgente a apuração pelas autoridades competentes, garantindo proteção à todas as mulheres que sofreram ameaças, e que os responsáveis sejam devidamente identificados e levados à Justiça para que respondam por seus atos.

 

Fonte: SindSaúde-PR