Notícias

Ministro caiu porque foi denunciado por servidor com estabilidade

Ministro caiu porque foi denunciado por servidor com estabilidade

Ministro caiu porque foi denunciado por servidor com estabilidade

👉 Ricardo Salles era ministro do Meio Ambiente do governo Bolsonaro e foi denunciado porque estaria atrapalhando investigação ambiental, integrando organização criminosa e exercendo advocacia administrativa em favor de um esquema de desmatamento ilegal, grilagem de terra, fraude em escrituras e exploração madeireira em áreas de preservação permanente.

❗ Quem fez a denúncia foi um delegado da Polícia Federal, que é servidor público.

O governo tentou impedir as investigações. Ele perdeu o cargo de Superintendente da PF do Amazonas, mas só não foi demitido porque é concursado e possui estabilidade no emprego.

👏 Pois é: com a estabilidade, o servidor pode defender os interesses da sociedade sem sofrer demissões injustas baseadas em decisões políticas e econômicas.

A estabilidade do servidor protege a sociedade contra abusos de políticos, é uma das principais amas contra a corrução, além de permitir que gestores (presidente, ministro, governadores, prefeitos e demais políticos) sejam fiscalizados com rigor.

😡 E é justamente por isso que o governo Bolsonaro quer aprovar a Reforma Administrativa (PEC 32/2020): ela vai acabar com a estabilidade dos servidores e liberar a contratação de quase 1 milhão de apadrinhados políticos (que não denunciarão abusos no poder público, e até facilitarão os desvios). Só quem defende a corrupção apoia esse projeto.

✋ Por isso, é preciso barrar a PEC 32, e defender o serviço público. Ele sim é para todos!

#ServiçoPúblico #ÉPublico #ÉpraTodos #ValorizeOServidor #ReformaAdministrativaNão

Compartilhe a nossa campanha no Facebook

Siga-nos no Instagram