Notícias

Governo engana servidores com decreto que suspende empréstimos consignados

Diferentemente da propaganda do governo Ratinho Jr, a suspensão por 90 dias do pagamento dos empréstimos consignados é uma enganação.

Os servidores que vão aos bancos para solicitar a suspensão são orientados a contratar novos empréstimos bancários, com o início do pagamento apenas em agosto. Mas, para isso, pagarão encargos e juros.

Isso os servidores já podiam fazer antes da assinatura do Decreto 4530 e o governo não garantiu nenhum benefício para os trabalhadores. Vale lembrar que, para contratar esses novos empréstimos, os servidores terão que apresentar margem consignável disponível, o que será prejudicado pelo aumento das contribuições previdenciárias aprovado pelo governo de Ratinho Jr.

Em outras palavras, o governador faz propaganda com mais uma mentira. Os únicos beneficiados são os bancos, que cobram caro toda vez que os servidores contrataram novos empréstimos e aumentam os prazos para pagar a dívida.

Para o SindSaúde-PR, se o governo quisesse realmente beneficiar os servidores, deveria negociar com os bancos a prorrogação das parcelas para o final do contrato, sem a incidência de juros ou qualquer outro tipo de encargo.

Fonte: SindSaúde-PR