Vídeos

Conselho Estadual de Saúde do Paraná elege Mesa Diretora

Hoje (21), o Conselho Estadual de Saúde do Paraná (CES/PR) elegeu Mesa Diretora para a gestão 2020-2024Conselho Estadual de Saúde do Paraná elege Mesa DiretoraO Conselho Estadual de Saúde (CES/PR) elegeu hoje (21) a Mesa Diretora para a gestão 2020-2024. O CES é órgão máximo da Saúde no Paraná — com atribuições que vão além da própria Secretaria Estadual da Saúde (Sesa) — e é responsável pelo controle social sobre as políticas de saúde, a fiscalização e a formulação de estratégias na esfera estadual do Sistema Único de Saúde (SUS).

O SindSaúde-PR compõe o segmento de trabalhadoras e de trabalhadores no conselho, representando todas as servidoras e servidores da Sesa.“Nós reconhecemos que o controle social é fundamental para o crescimento e fortalecimento das políticas públicas na Saúde. Como trabalhadoras e trabalhadores, entendemos que o espaço é importante para que as pessoas opinem e tragam suas necessidades para contribuir para um SUS estatal e fortalecido”, disse a coordenadora adjunta do SindSaúde-PR e conselheira do CES/PR, Ana Cristina de Carvalho Brito.

O pleno do Conselho Estadual de Saúde debateu e apreciou o Regulamento Eleitoral, cujo processo foi conduzido por Comissão Especial de Eleição que na sequência deu posse aos eleitos.

“Uma das críticas apresentadas pelo SindSaúde PR foi a desconsideração da representação do segmento dos usuários na presidência do CES PR, desprezando a alternância de segmentos no cargo. A chapa apresentada que contou também com a articulação da gestão da SESA privilegiou representante da autarquia, Conselho Regional de Educação Física, que permanece há 3 gestões da Mesa Diretora, ora como presidente, ora como vice-presidente”, avaliou a coordenadora geral do SindSaúde-PR e conselheira do CES/PR, Olga Estefania.

O CES/PR é um importante canal que as trabalhadoras e os trabalhadores têm para acompanhar e fiscalizar as políticas de Saúde no estado. Nele, é possível fiscalizar e sugerir ações para a área, inclusive buscando a melhoria de condições de trabalho e da qualidade do atendimento à população.

“Colocamos questões que são importantes não apenas para a categoria mas também para a promoção e atenção à Saúde. Como trabalhadoras e trabalhadores desse setor, permaneceremos trazendo as questões relevantes aqui”, afirmou Olga Estefania.

“Neste começo de gestão, queremos reafirmar o compromisso de luta por uma política de Saúde justa, forte e igualitária para todos”, concluiu Ana Cristina
Fonte:SindSaúde-PR