Notícias

Assembleia online define contraproposta para jornada diferenciada e teletrabalho

Servidoras e servidores estaduais da saúde que atuam nos setores administrativos de unidades  definiram no dia 29 de agosto uma contraproposta relacionada às jornadas de trabalho e teletrabalho. A nova pauta foi discutida em Assembleia Geral Extraordinária realizada online pelo SindSaúde-PR.

Ficaram definidas as seguintes proposições:

  • Implantação de uma jornada de trabalho 12×36 aos trabalhadores do administrativo em unidades onde a escala já é permitida, como é feita no Hospital Regional do Sudoeste.
  • Jornadas com alternância de dias de trabalho. Ou seja, em um dia, trabalho presencial, em outro, home office;
  • Teletrabalho e regime de trabalho diferenciado para servidoras e servidores que cuidam de filhas e filhos em idade escolar ou de pais idosos;

Na última audiência com a Secretaria de Saúde estadual (Sesa-PR), mediada pelo MPT-PR, o sindicato apresentou uma proposta de jornada 12×36, com redução de jornada nos dias trabalhados de segunda a sexta com compensação aos sábados, além de jornada alternada dividindo em turnos matutino e vespertino.

Entretanto, os representantes do governo não se mostraram abertos a um acordo. A Sesa manteve a carga horária de 40 horas e não admitiu as demais propostas, colocando em risco a saúde das servidoras e servidores, expostos diariamente ao Covid-19 nas unidades e no transporte público.

Vale ressaltar que mais de 4.400 profissionais da Saúde testaram positivo para o novo Coronavírus no Paraná. A falta de compromisso das autoridades com as trabalhadoras e trabalhadores do setor nessa pandemia resultou em 45 mortes, incluindo a de uma funcionária do Hospital Regional do Litoral (HRL).

O SindSaúde-PR apresentará a proposta aprovada pela categoria e cobrará dos representantes do governo uma postura condizente com a defesa da vida dos das servidoras e dos servidores e de toda a população.

Fonte: Sindsaúde-PR