NotíciasVídeos

24J: milhares se reúnem contra as barbáries do governo Bolsonaro (e de Ratinho Jr também)

Representantes do SindSaúde se fazem presentes nas manifestações de 24J

✊ Mais uma vez, a população paranaense saiu às ruas contra o governo Bolsonaro, promotor de uma necropolítica responsável pela morte da maioria dos mais de 550 mil brasileiros que perderam a vida em decorrência da Covid-19.

📢 Na tarde de sábado (24), o SindSaúde-PR e membros da categoria se reuniram junto a manifestantes dos mais diversos setores da sociedade na Praça Santos Andrade, em Curitiba-PR, e em outras cidades paranaenses, reforçando um movimento que ocorreu em centenas de cidades, de todas as regiões do país e também no exterior.

“550 mil pessoas que eram o amor de alguém, o ente querido que morreu em função da negligência, da falta de empatia, da crueldade e em função também dessa corrupção que superfaturou vacina”, destacou a coordenadora-geral do SindSaúde-PR, Olga Estefânia.

Entre tantas vítimas no país, mais de 800 eram profissionais da Enfermagem, sendo 158 no Paraná.

💣 Em menos de três anos de gestão, Bolsonaro destruiu o Brasil. O ato cobrou a responsabilização do presidente pela catastrófica condução da crise epidemiológica (marcada pelo empenho constante para prolongar a pandemia e aumentar a contaminação da população), a aceleração na campanha de vacinação (também atrasada de forma proposital pelo Governo Federal e por causa dos esquemas de corrupção no Ministério da Saúde), e o retorno do auxílio emergencial de no mínimo R$600, para enfrentamento da fome e do desemprego no país.

👉 O SindSaúde-PR também levou às ruas o protesto contra a ameaça de desmonte que ocorrerá sobre a área da saúde, caso a Reforma Administrativa (PEC 32/2020) seja aprovada; e contra as seguidas investidas do governador Ratinho Jr (maior aliado do presidente Jair Bolsonaro) aos direitos das servidoras e dos servidores do estado.

No Paraná, mobilizações foram realizadas em diversas cidades:

Maringa

Londrina

União da Vitória

 

Fonte: SindSaúde Paraná