SindSaude Quinta-feira, 22 de agosto de 2019

Notícias

Imprimir
  • 18/04/2007

    Governo de esquerda deve respeitar luta pela jornada, diz deputado

    Governo de esquerda deve respeitar luta pela jornada, diz deputado
    As denúncias foram protocoladas no Conselho de Saúde em 18 de abril
    Apenas oito dias depois, os servidores da saúde pública voltaram a tomar as galerias da Assembléia Legislativa. O objetivo foi o mesmo da manifestação de 10 de abril, para mostrar aos deputados que o secretário Cláudio Xavier não se dispõe a dialogar com a categoria. Pior, emitiu memorando com retaliações, ameaçando os funcionários com descontos. Usando a tribuna, o deputado estadual Tadeu Veneri (PT), que havia comparecido à assembléia da categoria, na manhã dessa quarta-feira, lembrou que uma das bandeiras históricas das lutas dos trabalhadores – e, portanto, da esquerda – é a redução das jornadas de trabalho. Defendendo esta causa, operários norte-americanos foram enforcados no final do século XIX, dando origem ao Dia do Trabalhador, 1º de maio. Curiosamente, disse o deputado, se o secretário da Saúde efetuar os descontos, um governo que se diz de esquerda estará punindo trabalhadores que lutam pela sua jornada de trabalho exatamente no 1º de maio, quando os servidores recebem seus vencimentos. O deputado Caíto Quintana defendeu o governo e falou que o Estado não teria condições de arcar com a redução da jornada. Esta fala causou estranheza na categoria, pois o parlamentar sabe muito bem que a categoria não quer reduzir carga horária, mas manter a jornada de trabalho que realiza há mais de quinze anos. Quintana conhece nossa reivindicação porque, por diversas vezes, a direção sindical já tinha conversado com ele (desde quando ele era chefe da Casa Civil) para tratar da manutenção das jornadas de 20 e 30 horas. Por fim, o deputado reiterou sua disposição de reforçar o apoio pelas negociações.

Esta matéria pode ser reproduzida desde que citada a fonte.

Notícias relacionadas

Nenhum registro encontrado.

Av. Marechal Deodoro, 314, 8º andar, conjunto 801 - Edifício Tibagi, Curitiba, PR CEP: 80010-010 Telefone: (41) 3322-0921 E-mail: contato@sindsaudepr.org.br

DOHMS