SindSaude Terça-feira, 19 de novembro de 2019

Notícias

Imprimir
  • 08/08/2019

    Jogo de compadres

    Jogo de compadres
    Liberação de R$ 3 bilhões em verbas ajudou a aprovar a reforma da previdência na Câmara

    Funcionou o plano do Governo Federal de liberar 3 bilhões de reais em emendas parlamentares na véspera do segundo turno da votação da chamada reforma da previdência. Com o placar de 370 deputadas/os favoráveis e 124 contrários, a PEC 6/2019 foi aprovada praticamente sem alterações de última hora. O projeto agora segue para discussão no Senado.

    A liberação de verbas para as emendas parlamentares foi divulgada no dia 6 de agosto, véspera do segundo turno na votação da Câmara. As emendas parlamentares são pedaços do Orçamento da União disponibilizadas para obras nos redutos eleitorais das/os parlamentares. Cabe ao governo autorizar a execução dessa parte do orçamento como lhe convém, um vício histórico na democracia do país.

    Foi de olho nessas verbas que a ampla maioria das/os deputadas/os aprovou um projeto que piora a vida da população. Entre os ataques presentes na mudança está o estabelecimento de idade mínima para se aposentar, mudanças para pior na fórmula do cálculo da aposentadoria, aumento na contribuição e restrições no pagamento de pensões e abonos, o que atinge em cheio a população mais pobre.

    Empurra-empurra –A inclusão de estados e municípios na reforma também é algo que tem sido conspirado entre os políticos. Depois da Câmara deixar o item de fora, várias/os senadora/es já se pronunciaram sobre a intenção de incluir estados e municípios nas novas regras.

    Segue a luta –Não dá para jogar a toalha. A pressão para cima das/os senadoras/es pode atrapalhar esse processo. Ainda é possível barrar ou, no mínimo, promover mudanças no texto que impeçam um efeito catastrófico sobre a população das pequenas cidades.

    Confira a seguir o contato dos senadores eleitos pelo Paraná. Entre em contato, vamos mostrar a eles que existe cobrança, que o voto contra os interesses da população será lembrado nas próximas eleições.

    Alvaro Dias - alvarodias@senador.leg.br

    Flávio Arns - sen.flavioarns@senado.leg.br

    Oriovisto Guimarães - sen.oriovistoguimaraes@senado.leg.br

Esta matéria pode ser reproduzida desde que citada a fonte.

Av. Marechal Deodoro, 314, 8º andar, conjunto 801 - Edifício Tibagi, Curitiba, PR CEP: 80010-010 Telefone: (41) 3322-0921 E-mail: contato@sindsaudepr.org.br

DOHMS