SindSaude Quarta-feira, 17 de julho de 2019

Notícias

Imprimir
  • 26/04/2019

    Pelo resgate da missão do HRSS da Lapa

    Pelo resgate da missão do HRSS da Lapa
    Interesses ocultos trabalham para desvalorizar a unidade

    Parte da imprensa da Lapa age de forma a desmerecer a equipe do Hospital Regional São Sebastião da Lapa. Um hospital que cumpriu um papel histórico importantíssimo na assistência aos pacientes com problemas pulmonares. Uma unidade que tem uma grande estrutura predial e uma super equipe de trabalhadoras/es.

    O que queremos? – O Hospital Regional São Sebastião da Lapa – HRSS – tem um Centro Cirúrgico que poderia funcionar mais e melhor se a Secretaria de Estado de Saúde – Sesa – quisesse e garantisse maior número de médicos cirurgiões e anestesiologistas. Essa é uma luta do SindSaúde a pedido do grupo de trabalhadoras/es. Servidoras/es que sempre mostraram seu compromisso em bem atender a população.

    Tem uma ala clínica, que poderia dar mais suporte aos pacientes da Unidade de Pronto-Atendimento – UPA – do município, e poderia servir ainda de retaguarda para as cidades próximas. É isso que temos de cobrar das autoridades, e queremos que os órgãos sérios de imprensa ajudem nessa luta.

    A Unidade possui tisiologia, recém- reformada, que funciona bem, mas poderia ser ainda melhor se a Sesa priorizasse os leitos públicos. A mídia nunca esteve junto com a equipe de funcionárias/os que luta para que a unidade tenha em seu quadro pneumologista.

    Primeiro episódio da Série "A saúde da Lapa em cartaz" trata do potencial mal aproveitado do Hospital.

    Nossa pergunta à Secretaria de Estado de Saúde sempre foi como um hospital com alas de tisiologia não conta com médico pneumologista? Como fica o tratamento dos pacientes com tuberculose? Como pode ter apenas um médico infectologista? São bandeiras de luta das/os funcionárias/os!

    Só que a Secretaria na última gestão atuou para gerar abandono da unidade. Investimentos quase zero

    Fechou – Atendendo ao anseio das/os trabalhadoras/es daquela unidade, o SindSaúde defendeu a reabertura do ambulatório que existia ali e que desenvolvia um importante trabalho para a comunidade. Mas fechou e a imprensa se calou.

    O SindSaúde, junto com as/os profissionais, apontou os problemas de negativas de recebimento de pacientes. Luta que foi vitoriosa quando o hospital teve seus leitos colocados na central de regulação de leitos.

    Dirigentes do SindSaúde comentam a situação do HRSSL no quarto capítulo da série "A saúde da Lapa em cartaz".

    Anseio– A equipe se desgastou em grandes debates com a Sesa apontando os problemas e propondo saídas para a recuperação da missão do HRSS. Mas a Sesa preferia passar investimentos altos aos hospitais do setor filantrópico e privado. Reerguer o hospital não fazia parte de um governo que trabalhou para desconstruir tudo que era público.

    Distorções – Esses registros da luta da equipe de funcionárias/os em defesa de um Hospital Regional mais saudável e acolhendo mais pacientes não sai em lugar nenhum.

    Talvez tenha mais gente querendo ver o fim do hospital da Lapa. Por isso, eles dão notícias sobre a folha de pagamento, mas não falam da vontade das/os servidoras/es de ampliar e qualificar o hospital para aumentar a qualidade e a produtividade da unidade.

    Vasculhem isso – Muito mais que a folha de pagamento, o grupo deveria olhar os contratos abusivos com as empresas prestadoras de serviços na área de alimentação e higienização das roupas. Denunciamos que havia equipe de servidoras/es para esses setores, que não necessitava fazer contrato por fora. Mas quem zela pelo dinheiro público? O governo anterior não. Por isso tem tantas denúncias de corrupção sendo investigadas.

    No atual governo, também já apresentamos os dados desses contratos absurdos mas até agora o atual secretário, Beto Preto, não se interessou pelo assunto. Em nosso entendimento, o HRSS é um patrimônio do povo Lapeano a ser valorizado e defendido por todas/os que reconhecem a saúde como um direito de relevância pública, um direito que é sinônimo de preservação e valorização da vida. Nosso papel como servidoras/es é cumprir essa árdua e preciosa missão.

    Assista aos outros episódios da Série “A saúde da Lapa em cartaz”.

    Episódio 1 - A história do Hospital Hipolyto


    Episódio 2 - Em busca do hospital prometido


Esta matéria pode ser reproduzida desde que citada a fonte.

Av. Marechal Deodoro, 314, 8º andar, conjunto 801 - Edifício Tibagi, Curitiba, PR CEP: 80010-010 Telefone: (41) 3322-0921 E-mail: contato@sindsaudepr.org.br

DOHMS