SindSaude Segunda-feira, 17 de junho de 2019

Notícias

Imprimir
  • 07/12/2018

    Governo Beto-Cida arma bomba para fim de ano

    Governo Beto-Cida arma bomba para fim de ano
    Em 2015 servidoras e servidores ocuparam a Alep
    Projetos enviados para a Assembleia nos chamam para a luta

    Final de ano e o governo coloca para aprovação projetos de lei polêmicos. São golpes que atacam os direitos do funcionalismo e da população.

    LOA – O projeto da Lei Orçamentária Anual já passou por todas as comissões sem incorporar nenhuma emenda apresentada pelo Fórum das Entidades Sindicais. Ou seja: sem reajuste previsto para 2019. Mais um ano de arrocho, mais um ano amargando perdas. Ou mais um ano em que teremos de quadruplicar o potencial da resistência e mobilização. Talvez até uma greve!!!

    SUSpeite – Outra mensagem enviada propõe transformar em política de Estado os programas estratégicos desenvolvidos pelo governo para continuar usando o dinheiro do Estado para repassar ao mercado da doença. Programas de resultados questionáveis. Isso porque apesar do farto financiamento público persistem muitos pontos de fragilidade da atenção à saúde.

    Segundo o site da Sesa, “com a iniciativa, municípios, hospitais públicos e filantrópicos e outras entidades que atuam na assistência à população terão a garantia de recursos para a manutenção dos serviços prestados no Sistema Único de Saúde (SUS)”. Enquanto isso a Sesa corta a alimentação de quem faz oito horas. Não tem dinheiro para pagar as diárias de viagens necessárias para o desenvolvimento do trabalho de assessoria aos municípios e os veículos estão sem manutenção.

    Na verdade, essa mensagem oficializa o repasse financeiro ao Consus, Hospsus. Vigiasus.

    #SUSpeitedessamensagem!

    Aposentadoria Outro projeto de lei que voltou à pauta da Assembleia é aquele que altera o Plano de Custeio da ParanaPrevidência. Nossa previdência já está dilacerada pela descapitalização promovida pelo governo, que é um grande devedor aos fundos de previdência.

    A atitude foi tomada sem nenhum diálogo com os sindicatos e sem consulta ao Conselho de Administração da ParanaPrevidência.

    Além da pressa que o governo tem em aprovar esse PL, a principal mudança é a que desobriga o governo a fazer a contrapartida sobre a folha dos aposentados. Será a oficialização do calote! Essa proposta é uma vergonha!

    Mobilização – Diante da falta de diálogo, a coordenação do Fes – Fórum das Entidades Sindicais – da qual o SindSaúde faz parte – chama todas/os as/os servidoras/es para a luta na Assembleia Legislativa já na próxima semana.

    Fique ligada/o nos nossos meios de comunicação.

Esta matéria pode ser reproduzida desde que citada a fonte.

Av. Marechal Deodoro, 314, 8º andar, conjunto 801 - Edifício Tibagi, Curitiba, PR CEP: 80010-010 Telefone: (41) 3322-0921 E-mail: contato@sindsaudepr.org.br

DOHMS