SindSaude Terça-feira, 20 de novembro de 2018

Notícias

Imprimir
  • 07/11/2018

    O ponto da discórdia de Cida Borguetti

    O ponto da discórdia de Cida Borguetti
    Quem não trabalhar no dia 16 terá que repor as horas

    Mesmo com um mandato curto, Cida Borguetti será lembrada por muito tempo entre as servidoras e servidores do Paraná. Isso se deve a uma de suas invenções, o polêmico ponto facultativo com compensação de horas à lá Borghetti. Às vésperas de mais um feriado – o da Proclamação da República dia 15 de novembro – as/os trabalhadoras/es estão indignados com a Circular nº 06/2018, que determina o ponto facultativo no dia 16/11 mediante a reposição das horas.

    A governadora que, ao assumir disse que estava aberta ao diálogo, se mantém irredutível quando o assunto é a tal compensação que ela inventou. Já questionamos ao longo desse ano qual seria o objetivo dessa compensação, uma vez que a governadora exige que as atividades sejam paralisadas e também exige que as horas não trabalhadas sejam repostas. Ou seja, a opinião de quem trabalha pouco interessa.

    O Sindicato é contra a compensação por duas razões: por conta da falta de diálogo e bom senso e a outra porque, como já dissemos em outras oportunidades, o ponto facultativo é uma espécie de "feriado", decretado pelos governos em dias úteis, nas datas especiais para o município/Estado ou Nação.

    Como fica para as/os trabalhadoras/es? - Quem trabalha oito horas diárias terá o dia de descanso e terá de repor as horas, já que as unidades administrativas estarão fechadas. Quem trabalha em regime de 12x36 deverá cumprir a escala normalmente. Como quem não trabalhar irá repor, quem estiver escalado não terá direito à folga compensatória.

Esta matéria pode ser reproduzida desde que citada a fonte.

Av. Marechal Deodoro, 314, 8º andar, conjunto 801 - Edifício Tibagi, Curitiba, PR CEP: 80010-010 Telefone: (41) 3322-0921 E-mail: contato@sindsaudepr.org.br

DOHMS