SindSaude Sábado, 22 de setembro de 2018

Notícias

Imprimir
  • 31/08/2018

    A farra eleitoral

    A farra eleitoral
    Chefias querem fazer política e pedem que os funcionários colem adesivos nos carros
    Chefias querem subordinados fazendo campanha

    Inúmeras denúncias chegam ao Sindicato dando conta que as chefias, que só têm cargo comissionado, querem fazer política dentro do local de trabalho e pedem que as/os funcionárias/os também colem adesivos nos carros e hasteiem uma bandeira que não é a das/os trabalhadoras/es. E mesmo que fosse!

    E o pior é que não é um caso isolado não. O fato não acontece só na saúde, mas na educação, na segurança e até em unidades municipais.

    A nossa assessoria jurídica afirma categoricamente que não é possível fazer campanha de nenhum jeito dentro dos espaços públicos.

    A lei – O decreto estadual 9.879, 30 de maio de 2018, em consonância com a determinação do Tribunal Superior Eleitoral, traz em seu resumo o que é vedado às/aos servidoras/es públicos da administração direta e indireta ou fundacional no ano eleitoral de 2018. Confira a íntegra do documento AQUI 

    Na avaliação da direção do SindSaúde, esse tipo de conduta é ilegal, imoral e fere o princípio da impessoalidade da administração pública.

    As/os servidoras/es já estão pelas tampas com o arrocho salarial e com a recorrente falta de condições de trabalho e ainda ter de aguentar esse tipo de coisa é meio demais.

    Calado não – A direção sindical orienta que as denúncias sejam feitas pelo contato@sindsaudepr.org.br ou pelo telefone 41 3322-0921, pelo WhatsApp 41 98898-4498, pelo fax 41 3324-7386 e denúncias anônimas devem ser feitas pelo nosso aplicativo SuperSind. Se você quer mesmo punir quem faz isso, tente de alguma forma documentar a denúncia, como gravar a conversa, anotar o horário que a chefia mandou fazer a campanha, ver quem está junto e também anotar. Só assim teremos chances de avançar para o judiciário.

    O SindSaúde reafirma sua independência de partidos governos e patrões. E sabemos que a eleição é importante, mas cada trabalhadora e cada trabalhador deve escolher suas/seus candidatas/os. Nossa única recomendação é que a categoria vote em quem tem compromisso com o serviço público de qualidade e com as/os trabalhadoras/es.

    Camburão não! - Vale lembrar que muitas/os candidatas/os aceitaram o vexame de entrar num camburão para tirar nosso dinheiro da aposentadoria. Esses fatos, como o do camburão, do 29 de abril, do assédio dessas chefias já seriam motivo mais que suficiente para não votarmos nessas pessoas.

    E o fato mais abusado é que essas chefias ousam pedir voto ou ainda fazer campanha dentro do espaço público. Pior - exigem que as/os outras/os façam!

Esta matéria pode ser reproduzida desde que citada a fonte.

Av. Marechal Deodoro, 314, 8º andar, conjunto 801 - Edifício Tibagi, Curitiba, PR CEP: 80010-010 Telefone: (41) 3322-0921 E-mail: contato@sindsaudepr.org.br

DOHMS