SindSaude Domingo, 18 de novembro de 2018

Notícias

Imprimir
  • 20/06/2018

    Mais um hospital detonado pela Funeas

    Mais um hospital detonado pela Funeas
    HICL em estado crítico

    Desde que a Fundação Estatal de Atenção em Saúde do Paraná – Funeas – passou a gerenciar o Hospital Infantil de Campo Largo a coisa desandou. Na onda de lucrar como e onde pode, a Funeas vem produzindo estragos naquela Unidade, que deveria bem atender a população infanto-juvenil.

    Vamos aos fatos

    1 - A máquina de revelação de Raios-X está quebrada há mais de uma semana.

    2 - A determinação da direção é que a equipe do setor se desloque do hospital até o centro médico municipal.

    3 - Existe apenas uma placa de Raios-X causando a saída das/os servidoras/es do hospital várias vezes ao dia.

    Lei – De acordo com o Estatuto do Servidor, em seu artigo 50, parágrafo 1º, o servidor é lotado especificamente em uma unidade e somente nela pode atuar. Por isso, a direção sindical avalia como ilegal esse trânsito dos técnicos da unidade da Secretaria Estadual de Saúde – Sesa – para a unidade do município.

    O serviço é 24 horas. Portanto, o deslocamento entre os serviços do SUS acontece no período diurno e noturno, o que expõe as/os servidores a riscos, como o frio, chuva e violência. Outro porém é que no Centro de Saúde do município as/os trabalhadoras/es também ficam expostos à insalubridade pelo contato com agentes químicos, físicos e ambientais próprios daquela unidade.

    Mas até agora a gestão não deu a menor bola para o assunto, mesmo com o SindSaúde tendo enviado ofício para garantir a realização da manutenção e funcionamento do aparelho de Raio-X de propriedade da Sesa. Enquanto isso não acontecer a equipe deveria se abster de executar suas atribuições funcionais em outra unidade. Mas e como ficam as/os pacientes?

    #Xô Funeas - Em quase dois anos à frente da gestão do Hospital Regional do Litoral, no hospital de Guaraqueçaba e no Centro de Reabilitação, a Funeas já mostrou que não tem qualificação para administrar a saúde. Nossa luta continua para dar um basta nessa Fundação!

Esta matéria pode ser reproduzida desde que citada a fonte.

Av. Marechal Deodoro, 314, 8º andar, conjunto 801 - Edifício Tibagi, Curitiba, PR CEP: 80010-010 Telefone: (41) 3322-0921 E-mail: contato@sindsaudepr.org.br

DOHMS