SindSaude Sábado, 22 de setembro de 2018

Notícias

Imprimir
  • 14/06/2018

    Organizações Sociais são alvo de CPI em São Paulo

    Organizações Sociais são alvo de CPI em São Paulo
    Em cinco anos eles já receberam mais de R$ 28 bilhões

    O volume de denúncias e suspeitas de irregularidades envolvendo as Organizações Sociais, as empresas contratadas pelo Estado de São Paulo para cuidar da saúde da população são tantas, que a Assembleia Legislativa de lá montou uma CPI – Comissão Parlamentar de Inquérito – só sobre o assunto. A maioria das denúncias trata de relações promíscuas entre o Estado e as empresas contratadas.

    Uma das acusações é existem médicas/os servidoras/es do Estado que são sócios das OSs. Outra irregularidade seria a quarteirização dos serviços. As OSs serviriam apenas para intermediar as contratações e cooptar recursos em meio aos mais de R$ 28 bilhões que já foram repassados pelo governo nos últimos cinco anos para essas organizações.

    O jornal Brasil de Fato divulgou uma matéria no último dia 13 que detalha as ações da CPI na Assembleia paulista. O principal objetivo é montar uma força tarefa entre Ministério Público e deputadas/os de oposição para dar celeridade à concretização das denúncias e imediata investigação.

    E no Paraná? – Não podemos esquecer que o partido que administra São Paulo é o PSDB, o mesmo do ex-governador Beto Richa. A forma de operar as OSs em muito se assemelha à Funeas, que já tem se mostrado um desastre na administração das unidades.

    Devemos ficar atentos aos desdobramentos de São Paulo e tentar impedir que por aqui a corrupção chegue a tal ponto.

    Leia AQUI a matéria do jornal Brasil de Fato.

Esta matéria pode ser reproduzida desde que citada a fonte.

Av. Marechal Deodoro, 314, 8º andar, conjunto 801 - Edifício Tibagi, Curitiba, PR CEP: 80010-010 Telefone: (41) 3322-0921 E-mail: contato@sindsaudepr.org.br

DOHMS