SindSaude Quinta-feira, 19 de julho de 2018

Notícias

Imprimir
  • 02/05/2018

    Data-base e previdência em pauta

    Data-base e previdência em pauta
    Categoria decidiu intensificar a pressão pelo reajuste e em defesa da PrPrev

    A brava gente da saúde de todo o Estado se reuniu no último sábado, 28/4, em Curitiba para mais uma assembleia da categoria. Em pauta a avaliação das últimas ações do Sindicato, a luta pelo reajuste salarial, a defesa da ParanaPrevidência entre outros.

    No primeiro momento a categoria fez uma avaliação das manifestações dos dias 3 e 4 de abril – ainda na gestão Richa. O consenso foi o de que tais ações contribuíram para desgastar ainda mais a imagem do agora ex-governador, Beto Richa, e do ex-secretário Michele Caputo. A brava gente encerrou o estado de greve e voltará a discutir a organização do movimento conforme o andamento das negociações com a nova gestão.

    ParanaPrevidência - A representante das/os servidoras/es na ParanaPrevidência, Soraya Gilber, trouxe as últimas informações sobre o futuro da nossa aposentadoria. Além de comentar como a lei 18.469 continua, no dia a dia, acabando com o nosso fundo previdenciário, Soraya falou sobre a última maldade do ex-governador, que moveu ação para que a ParanaPrevidência devolva aos cofres do Estado a contribuição patronal das/os aposentadas/os.

    Diante desse cenário a categoria definiu questões importantes na luta em defesa da Previdência. O SindSaúde fará uma grande mobilização – incluindo a vinda de caravanas a Curitiba - para a Audiência Pública sobre a ParanaPrevidência, que será realizada na próxima segunda-feira, dia 7 de maio. Além disso, ficou estabelecido que o Sindicato fará seminários descentralizados e produzirá uma cartilha especial para debater o tema com a categoria.

    Na assembleia também houve espaço para análise de conjuntura. Claudio Ribeiro, que já atuou na assessoria jurídica do SindSaúde, comentou sobre o panorama das próximas eleições no Estado e também citou a onda de enfraquecimento dos serviços públicos. Claudio deu um recado à brava gente. “Defendam seus cargos, seus locais de trabalho e sua estabilidade. Lutem para que não avancem ainda mais sobre seus direitos”.

    O advogado também fez o alerta para aquelas/es que sempre cobram ações na justiça para a defesa dos direitos das/os trabalhadoras/es. Ele lembrou que todos os avanços históricos da classe trabalhadora só vieram com muita luta. “Aquilo que é fundamental não vai ser discutido na justiça”, diz.

    No final da assembleia, foi exibido o vídeo da SindTV sobre os três anos do Massacre do Centro Cívico. Assista ao vídeo.

Esta matéria pode ser reproduzida desde que citada a fonte.

Av. Marechal Deodoro, 314, 8º andar, conjunto 801 - Edifício Tibagi, Curitiba, PR CEP: 80010-010 Telefone: (41) 3322-0921 E-mail: contato@sindsaudepr.org.br

DOHMS