SindSaude Terça-feira, 14 de agosto de 2018

Notícias

Imprimir
  • 06/04/2018

    Não deixará saudade!

    Não deixará saudade!
    Daniel Caron
    No últimos dias de Caputo, muito se falou da gestão dele

    Nos bastidores dos locais de trabalho muitos adjetivos e conceituações negativos. Tem discurso que cheira à falsidade. A marca de Caputo é seu rompante. Já vi cenas em que o ex- secretário falou barbaridades. Caputo Neto veio aqui. Tinha muita expectativa, mas a decepção foi total. Ele disse que a jornada seria de 30 horas. Mentiu! por aí vai.

    Também rola avaliações que afirmam que Caputo deixou gente incompetente em cargos comissionados dominar o trabalho que devia ser técnico. Eu mesma trabalhei bem perto do gabinete. Muita sujeira! Caputo montou uma equipe coesa. Todos fazem coisa errada e um protege o outro. A sujeira vai pra debaixo do tapete!

    O ex-secretário-caçador-de-voto é vaidoso ao extremo. Só se preocupa com ele. Nisso, se foram sete anos, sete anos de atraso!

    A saúde perdeu o critério de apontar ações usando os dados epidemiológicos como norte. Terrível! Caputo astuto! O ex-secretário causou muitos danos às/aos servidoras/es e destruiu os equipamentos públicos. Caputo foi consagrado sim! Como o pior de todos os tempos.

    Inatingível– Muitos servidoras/es também citaram a falta de diálogo entre Sesa e demais setores. Dizem que foi uma gestão marcada por uma hierarquia “pensante” intransponível. As equipes executoras não tiveram nenhum microespaço de diálogo, de avaliação e de apresentação de propostas ou reformulações diante do que sentiam na ponta do sistema.

    Uma servidora em final de carreira afirmou com lágrimas: “Nunca fui tão humilhada por uma gestão. Estou no serviço público para dar um pouco de mim à comunidade, estudei para isso, me dedico, mas quando ousei dar uma opinião, o chefão da Sesa, em reunião com muitos gestores municipais, disse que era para eu parar de fazer drama e que eu começasse a trabalhar”.

    Como pode a pessoa saber que as redes não funcionam, que os furos estão aí estampados e tentar reverter sua incompetência agredindo quem diz a verdade?

    Outro servidor conta que já levou situações irregulares à Ouvidoria de várias chefias do local onde atua. E que os chefes continuam fazendo a festa com os carros públicos e com as diárias de viagens. Mas nada acontece!

    Enquete - Nossa enquete lançada há tantos dias mostra em percentual esse mesmo resultado. A enquete pergunta como você avalia a gestão Richa e Caputo.

    O resultado aponta 73% avaliam que foi uma gestão ruim.

    Propaganda- Nas conversas com as/os servidoras/es, quando lançamos a pergunta sobre o que pensam as/os servidoras/es sobre as frequentes matérias no site da Sesa que ressaltam a gestão Caputo, a reação é imediata. É vergonhoso!

    Falta de vergonha na cara. Tudo mentira. Ridículo. Estão apelando. Acho que é desespero para se eleger. Ah! Tanta asneira que dá gastrite!

    A porta da saída é a serventia da casa, Caputo. Que se vá! Fez tudo pela sua campanha, nada pela saúde.Nunca na história deste Estado tivemos uma gestão tão ruim.

    Novo secretário - Quem chega é aliado do ex-sinistro Ricardo Barros. Por aí já se vê o que nos espera. Mas não queremos viver de ideias negativas. O SindSaúde, no seu papel de levar os problemas e as reivindicações da brava gente, vai buscar agendar reunião. E queremos você junto para que ele possa ter a dimensão da bomba que está assumindo.

Esta matéria pode ser reproduzida desde que citada a fonte.

Av. Marechal Deodoro, 314, 8º andar, conjunto 801 - Edifício Tibagi, Curitiba, PR CEP: 80010-010 Telefone: (41) 3322-0921 E-mail: contato@sindsaudepr.org.br

DOHMS