SindSaude Terça-feira, 18 de junho de 2019

Notícias

Imprimir
  • 22/03/2018

    Nepotismo é a bomba da vez na Sesa

    Nepotismo é a bomba da vez na Sesa
    Castelo do secretário-candidato está desmoronando

    O Ministério Público do Estado vai investigar uma denúncia do SindSaúde que revela a existência de nepotismo na Secretaria de Estado da Saúde - Sesa. A irregularidade contatada é que a filha do secretário, Michele Caputo, tem um cargo no Tribunal de Contas do Estado e a cunhada do Conselheiro do TCE, Durval Amaral, tem um cargo de chefia na Sesa. Vale dizer que ambos são do grupo político do governador.

    De acordo com o MP, será averiguada a possibilidade de haver nepotismo cruzado nessa relação. Isso acontece quando, para tentar escapar dos controles, um político nomeia o parente de um aliado em sua autarquia pública e em troca esse aliado faz o mesmo em outro órgão. Essa manobra viola a Súmula 13 do STF e pode revelar a imoralidade dessa Secretaria.

    O primeiro passo do MP será ouvir o secretário da Saúde e o conselheiro do TCE. Eles terão até o final do mês de março para tentar explicar que focinho de porco não é tomada. Ou melhor, que a reciprocidade da distribuição de cargos não passa de uma coincidência.

    Funeas – Na denúncia original o SindSaúde ainda provoca o MP para outra investigação: a distribuição de cargos na direção da Funeas. A Fundação é dirigida por pessoas conhecidas na Secretaria da Saúde, alguns são parentes de cargos em comissão da Secretaria. Caputo Neto também terá que se explicar diante dessa situação.

    Água fria – Aos poucos os deslizes dessa gestão vão aparecendo. Um dia é o TCE, outro é o MP. A profunda falta de comprometimento do secretário-candidato com os recursos públicos e com o atendimento à população não permanecerá impune. Cabe a cada um de nós, servidoras e servidores, reproduzir essas notícias, debater sobre elas nos locais de trabalho. Caso contrário, mesmo depois de sete anos de uma gestão pífia, teremos que assistir ao Beto Richa entrar no Senado e o Caputo na Assembleia Legislativa.

    Não no que depender de nós!

Esta matéria pode ser reproduzida desde que citada a fonte.

Av. Marechal Deodoro, 314, 8º andar, conjunto 801 - Edifício Tibagi, Curitiba, PR CEP: 80010-010 Telefone: (41) 3322-0921 E-mail: contato@sindsaudepr.org.br

DOHMS