SindSaude Terça-feira, 11 de dezembro de 2018

Notícias

Imprimir
  • 19/03/2018

    Barbárie também na educação

    Barbárie também na educação
    Três das sete universidades estaduais suspendem as aulas

    Na saúde vivemos o caótico quadro do abandono pelo governo Richa. No ensino superior se replica o mesmo objetivo da gestão. Destruir o nosso patrimônio e nossa capacidade de ter universidade como espaço de desenvolvimento social de ampliação do debate histórico, econômico, político e cultural do Estado do Paraná e do Brasil.

    Esse governo Richa, do PSDB, quer cortar na raiz a disseminação do conhecimento e do acesso democrático ao ensino de terceiro grau. É um governo que se lixa pra Saúde e detona a Educação. Abriu uma verdadeira guerra contra as/os educadoras/es de toda a rede estadual de ensino: fundamental, médio e universitário.

    O governador baixou decreto para contratação de docentes temporários. Só que esse decreto não supre a demanda das universidades. Com a síndrome da economia – poupar para injetar na campanha ao Senado – o decreto do quase ex-governador não resolve o problema do déficit de professoras/es, uma vez que autoriza carga horária bem inferior as necessidades solicitadas pelas reitorias.

    Com isso, a UEL – Universidade Estadual de Londrina – a Unespar – Universidade Estadual do Paraná – e a Unicentro - a Universidade Estadual do Centro Oeste – já suspenderam o calendário do ano letivo.

    Leia a matéria completa AQUI.

    *Às 17h, pouco antes de publicarmos essa matéria, veio a notícia de que o governador Carlos Alberto Richa havia recuado e autorizado a contratação de mais professoras/es.

    Leia a matéria completa AQUI


Esta matéria pode ser reproduzida desde que citada a fonte.

Av. Marechal Deodoro, 314, 8º andar, conjunto 801 - Edifício Tibagi, Curitiba, PR CEP: 80010-010 Telefone: (41) 3322-0921 E-mail: contato@sindsaudepr.org.br

DOHMS