SindSaude Sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Notícias

  • 14/11/2017

    Sesa paga progressão pra poucos

    Sesa paga progressão pra poucos
    Bons de propaganda, péssimos pra cumprir a lei

    Depois de sistemáticos calotes, finalmente a Sesa anunciou que vai pagar, no contracheque de novembro, progressões e promoções protocoladas esse ano. Mas isso vai ocorrer apenas para 105 servidores. Centenas de profissionais que ingressaram em 2010 e conquistaram a primeira progressão em 2013 deveriam ter direito receber a segunda progressão esse ano de 2017, mas não vão receber nada.

    Isso porque, graças à lei 18.136/2014, que implantou o QPSS, os quatro anos entre uma progressão por merecimento e outra são contados a partir da data do protocolo, do direito adquirido e não a partir do pagamento. O artigo do nosso Quadro Próprio garante que o tempo decorrido de QPPE também terá validade no cálculo do desenvolvimento da carreira.

    Trocando em miúdos, o governo interpreta a lei de forma equivocada, entende que essas/es servidoras/es só vão ter direito em 2018, e o Sindicato tem convicção de que mais uma vez a gestão desrespeita a lei para economizar e punir as/os servidoras/es.

    Atitude – Ao longo de todo o ano, de várias reuniões de negociação, o Sindicato tem argumentado o direito evidente que essas/s servidoras/es têm. Durante todo esse tempo pedimos para quem teve o direito negado enviasse a negativa para o Sindicato. Com base nesses materiais nossa assessoria jurídica está preparando uma ação judicial exigindo o direito dessas/es trabalhadores.

Esta matéria pode ser reproduzida desde que citada a fonte.

Av. Marechal Deodoro, 314, 8º andar, conjunto 801 - Edifício Tibagi, Curitiba, PR CEP: 80010-010 Telefone: (41) 3322-0921 E-mail: contato@sindsaudepr.org.br

DOHMS