SindSaude Sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Notícias

  • 10/10/2017

    Juntas/os pelo SUS, juntas/os pela Saúde do povo!

    Juntas/os pelo SUS, juntas/os pela Saúde do povo!
    Encontro Popular reuniu forças pra combater a privatização na Saúde
    Sem o SUS, adeus justiça social. Foi essa uma das lições tiradas pelas/os participantes do Primeiro Encontro Popular de Saúde, realizado no dia 7 de outubro no auditório da APP Sindicato. Iniciativa da Frente Paranaense Contra a Privatização da Saúde, o evento reuniu movimento estudantil, trabalhadoras/es e militantes do Setor, conselheiras/es de Saúde e professores especialistas em Saúde Pública.

    Mas o SUS enfrenta uma ameaça e tanto: a privatização. A ideia da Saúde pública, para toda/os, cada vez mais dá lugar ao mercado, ao lucro. E o ministro Ricardo Barros não tem deixado dúvida sobre isso. A cada declaração ou proposta, o paranaense referenda essa postura de desmontar o SUS dando lugar à saúde privada.

    A socióloga, fundadora do SindSaúde e integrante do movimento sanitarista brasileiro Lígia Cardieri, uma das palestrantes do Encontro, explicou que o país está entrando em uma lógica da saúde como um produto a ser comercializado. Cardieri afirmou que “a ideia da maioria dos governantes é deixar o SUS magrinho e empurrar as pessoas para planos populares de Saúde".

    Ligia apontou ainda para a conjuntura política como agravante desse processo. “Com a crise econômica, os planos de Saúde perderam cerca de dois milhões de clientes. O objetivo dos planos populares não é dar qualidade e acesso ao atendimento à saúde. É garantir ampliação do mercado da saúde. Isto é, agora é a vez de os políticos retribuírem o investimento que as grandes empresas da saúde fizeram nas campanhas das/os parlamentares eleitas/os, como o ministro da saúde, que recebeu doação de empresas do Setor”.

    “É preciso que a população compreenda que Saúde é muito mais que tratamento para quem está doente”, disse Cardieri sobre as facetas do SUS como a vigilância em Saúde, que a gente muitas vezes não vê, mas que são essenciais para a ações de promoção e e prevenção da saúde.

    Tática – De acordo com o outro palestrante do dia, o diretor do Sindicato dos Psicólogos do Paraná, Thiago Bagatin, existe uma estratégia para que a população não se revolte com esse processo. "A privatização não acontece de uma hora para outra, por meio de um leilão. Existe um processo de entrega aos poucos. Em paralelo é realizado um trabalho de fazer a população acreditar que na iniciativa privada existe maior agilidade".
    Galeria de fotos do evento
    7/10 - Encontro Popular de Saúde

    Para Bagatin, essa entrega condena os recursos destinados à Saúde. “Quanto mais a gente observa a entrada de empresas privadas administrando a Saúde pública, maior é a incidência de corrupção”, denunciou.

    Grupos - Após a mesa de abertura, os participantes se reuniram em quatro grandes grupos de discussão. Nessas rodas de conversa foram debatidas diversas experiências e ideias para que o SUS possa ser defendido das garras da lógica de mercado.

    Valeu – O evento confirmou o papel de protagonismo da Frente Paranaense Contra a Privatização da Saúde e ajudou a preparar a edição nacional do Encontro. Das discussões foi tirada uma série de propostas, que serão levadas para as discussões dos dias 27, 28 e 29 de outubro, em Maceió, Alagoas.

    O SindSaúde parabeniza todas as entidades que se dedicaram à realização desse Encontro, que é um marco na retomada da luta pela Saúde Pública no Estado. A boa adesão e a participação ativa de todos provaram que, sim, o SUS tem chances de sobreviver a tantos ataques. Basta a união o engajamento dos movimentos que não se submetem e não se encolhem frente às perversas investidas da elite, que vem agindo no sentido de destruir os direitos sociais com absoluta agressividade sem reconhecer a necessidade do povo brasileiro. 

    A próxima reunião da Frente Paranaense Contra Privatização da Saúde será no dia 16/10, às 18h30, na sede do SindSaúde. Compareça, a Saúde da população está em jogo!

    Assista ao vídeo que encerrou as atividades de sábado

Esta matéria pode ser reproduzida desde que citada a fonte.

Av. Marechal Deodoro, 314, 8º andar, conjunto 801 - Edifício Tibagi, Curitiba, PR CEP: 80010-010 Telefone: (41) 3322-0921 E-mail: contato@sindsaudepr.org.br

DOHMS