SindSaude Quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Notícias

  • 18/09/2017

    Confira tudo o que rolou na assembleia

    Confira tudo o que rolou na assembleia
    Brava gente atendeu ao chamado

    Cerca de 200 servidores de todo o Estado estiveram em Curitiba no último sábado, 16/9, para debater os assuntos da categoria. Diante de uma realidade de ataques cada vez mais intensos, a brava gente da Saúde não deixou por menos e veio a Curitiba pensar de forma coletiva nas melhores maneiras de fazer o enfrentamento. Confira a seguir os principais assuntos discutidos e decisões tomadas:

    Conjuntura – Com a colaboração do professor de Direito da UFPR, Ricardo Pazzelo, a categoria se colocou a pensar sobre os desafios da atual conjuntura. Pazzelo ressaltou o momento de ameaças contra o setor público ao afirmar que “a terceirização aparenta embarcar em um trem-bala. Onde houver recursos reservados para interesses sociais haverá lobos dispostos a faturar”.

    Reajuste – Há quase vinte meses sem reajuste salarial, a brava gente decidiu que é hora de ingressar com ação judicial para fazer valer a lei 18.493. É uma ação com trâmite lento, mas que se tornou a única alternativa. Embora seja o juiz quem defina se a ação vai valer para todas/os as/os servidoras/es ou apenas para as/os filiadas/os, quem quiser garantir participação pode se filiar até o dia 6 de outubro. Quem já entrou com ação individual deve informar o Sindicato. Saiba mais AQUI

    Desconto do AT  A categoria também decidiu que o jurídico do Sindicato deve ingressar com ação por conta do desconto ilegal do Auxílio Transporte. A reivindicação é a devolução do que já foi descontado e a interrupção do desconto. A expectativa é que o desdobramento dessa ação seja mais ágil. O prazo para quem não é filiado para garantir ingresso nessa ação também é dia 6 de outubro. Saiba mais AQUI

    Fórum – A brava gente decidiu que seguirá combatendo a desvalorização do serviço público em conjunto com as demais entidades do Fórum das Entidades Sindicais – FES. Com ataques individualizados, o governo tenta a todo custo acabar com a união das categorias. Um exemplo disso foi o último pacote de maldades aprovado pelas/os deputadas/os. Leia mais AQUI

    Prestação de contas – A categoria aprovou as contas do Sindicato do período entre abril e junho de 2017. Durante o debate surgiram sugestões para que a prestação de contas fique mais didática. Visando à transparência, a direção sindical se comprometeu a fazer aperfeiçoamentos na apresentação da próxima prestação.

    Nova equipe liberada O último item da pauta estava reservado para que direção estadual apresentasse a nova equipe liberada e esclarecesse os motivos das mudanças. No entanto, quando a explanação iria começar, uma diretora, que foi afastada da liberação e que deveria estar interessada em debater o tema, pediu questão de ordem, alegando que o assunto não estava na pauta e por isso não poderia ser debatido.

    A atitude revoltou boa parte da plenária, que propôs que a assembleia fosse encerrada já que se passava das 13h30. A proposta foi aceita por ampla maioria e a assembleia foi encerrada.

    Naquele instante, um grupo de dez filiadas/dos descontentes com a decisão da plenária cercou a diretora Elaine Rodella e proferiu uma série de agressões verbais, postura absolutamente condenável e estranha ao histórico da categoria.

    O Sindicato lamenta esse tipo de postura e informa que está aberto a qualquer tipo de esclarecimento.

    Valeu – O SindSaúde agradece o empenho de cada servidora e cada servidor que dedicou um pedaço do fim de semana para debater a luta, para dar sua contribuição ao coletivo. Só com essa garra e com esse comprometimento é que vamos conseguir barrar o governador e garantir novas conquistas!

    Confira abaixo a galeria de fotos da assembleia.

    Assembleia 16/9

Esta matéria pode ser reproduzida desde que citada a fonte.

Av. Marechal Deodoro, 314, 8º andar, conjunto 801 - Edifício Tibagi, Curitiba, PR CEP: 80010-010 Telefone: (41) 3322-0921 E-mail: contato@sindsaudepr.org.br

DOHMS