SindSaude Terça-feira, 23 de outubro de 2018

Notícias

Imprimir
  • 24/07/2017

    É tempo de debater Vigilância em Saúde

    É tempo de debater Vigilância em Saúde
    Conferências regionais já estão acontecendo

    Vai ser dada a largada para o maior debate sobre Vigilância em Saúde da história. Trata-se da primeira conferência nacional específica sobre o tema. Organizada pelo Conselho Nacional de Saúde - CNS -, a Conferência Vigilância em Saúde: Direito, Conquista e Defesa de um SUS Público de Qualidade vai debater a fundo o tema e buscar nas experiências locais eixos que possam construir uma política nacional para o assunto.

    Antes do grande debate, que acontece em Brasília no mês de novembro, vão ocorrer as etapas municipais/regionais - em julho e agosto - e as etapas estaduais - a do Paraná no dia 29 de setembro. O primeiro debate preparatório no Estado foi em Ponta Grossa. Oportunidade em que a população dos Campos Gerais aproveitou para debater os problemas e propor sugestões que serão levadas em conta nas próximas instâncias.

    Para entender -Muita gente não sabe, mas Vigilância em Saúde vai além da vigilância sanitária. Existem outras frentes que precisam atuar em conjunto: vigilância epidemiológica, da situação de Saúde, da Saúde ambiental, da Saúde do Trabalhador e da promoção da Saúde. Todos esse sistema de vigilância forma um pilar fundamental do SUS que é o da busca pela prevenção de epidemias e problemas sanitários.

    Participe – A próximas etapas acontecem ainda em julho em Cianorte e Cascavel – veja o dia e local na tabela abaixo -. As etapas municipais/regionais são abertas a todas/os as/os interessadas/os e são elas que vão eleger os representantes da cidade na conferência estadual. Por sua vez, a etapa regional irá eleger as/os representantes para a Conferência Nacional. As inscrições podem ser feitas nos Conselhos Municipais de Saúde.

    SindSaúde -A brava gente da Saúde estará firme nesse processo. Dentre os participantes das conferências, 50% são de representantes dos usuários, 25% das/os trabalhadoras/es e 25% das/os gestoras/es. Defensoras/es históricos do SUS, vamos mover todos os esforços possíveis para que a Conferência nacional alcance seus objetivos e signifique um divisor de águas para as políticas em vigilância. Confira o calendário no Estado.

Esta matéria pode ser reproduzida desde que citada a fonte.

Av. Marechal Deodoro, 314, 8º andar, conjunto 801 - Edifício Tibagi, Curitiba, PR CEP: 80010-010 Telefone: (41) 3322-0921 E-mail: contato@sindsaudepr.org.br

DOHMS