SindSaude Sábado, 22 de setembro de 2018

Notícias

Imprimir
  • 27/06/2017

    Brava gente vai participar da greve geral do dia 30 de junho

    Brava gente vai participar da greve geral do dia 30 de junho
    Assembleia também deliberou apoio aos municipais

    Em assembleia realizada no ultimo sábado, 24 de junho, a brava gente da Saúde decidiu aderir ao movimento da greve geral nacional, que ocorrerá no dia 30 de junho. Ações serão realizadas em diversos locais de trabalho e no final do dia a categoria vai participar do grande ato que acontecerá na Boca Maldita, com concentração a partir das 17h.

    Na pauta do movimento nacional mais uma vez vão estar o NÃO às reformas trabalhista e previdenciária e também a exigência de eleições gerais. Trabalhadoras/es de diversos segmentos como saúde, educação e segurança já manifestaram adesão ao movimento.

    Análise - Para ajudar no entendimento da conjuntura, a assembleia contou com a participação do professor aposentado da UFPR, Lafaiete Neves. Ele ressaltou a importância da unidade da classe trabalhadora para fazer frente à ofensiva de retirada de direitos liderada por grandes empresário, banqueiros e latifundiários. "O único jeito de deixar de enriquecê-los e conter esse processo é cruzando os braços".

    Participe - Diversas cidades do Estado vão aderir à mobilização nacional. Você pode participar em sua região ou vir para Curitiba participar do grande ato na Boca Maldita. Não deixe de participar e chamar os colegas para aderir ao movimento.

    Municipais - Outro assunto discutido foi o apoio à luta das/dos servidoras/es municipais de Curitiba. Há meses o pessoal tem se mobilizado contra um pacote de retirada de direitos muito parecido com o que enfrentamos em 2015. Além do saque de 600 milhões de reais da previdência, o prefeito, Rafael Greca, propôs o congelamento do plano de carreira, a prorrogação da data-base entre outros.

    Segunda-feira, 26/6, mais uma vez os interesses dos políticos colocaram servidoras/es em linha de choque com a polícia, gerando dezenas deprisões arbitrárias, representantes da brava gente da Saúde estavam lá para reforçar o exército em defesa da valorização dos atores do serviço público.

    Só mesmo a união das/dos trabalhadoras/es poderá colocar fim aos desmandos dos políticos. Por isso é fundamental a nossa união e o nosso enfrentamento!

Esta matéria pode ser reproduzida desde que citada a fonte.

Av. Marechal Deodoro, 314, 8º andar, conjunto 801 - Edifício Tibagi, Curitiba, PR CEP: 80010-010 Telefone: (41) 3322-0921 E-mail: contato@sindsaudepr.org.br

DOHMS