SindSaude Domingo, 21 de janeiro de 2018

Notícias

  • 30/05/2017

    VigiaSUS também é desvirtuado

    VigiaSUS também é desvirtuado
    Programa deveria atender às vigilâncias do Estado

    A gente abre a página da Sesa e é aquela montoeira de grana que vai para os mais diversos programas. É APSUS, é ComSUS, é HospSUS, é VigiaSUS. Cada um destina milhões do dinheiro que deveria equipar as nossas unidades próprias, para aumentar o número de servidoras/es efetivas/os, para garantir que não falte insumos na rede da Sesa.

    O VigiaSUS, por exemplo, é um programa estadual que visa ao fortalecimento e à qualificação das ações de Vigilância em Saúde em todos os municípios do Paraná. De acordo com o site da Sesa, para esse programa “foi previsto o repasse de incentivos de mais de R$ 47 milhões do Tesouro Estadual aos 399 municípios paranaenses”.

    Denúncias dão conta que corre solto o uso indevido de veículos do VigiaSUS. A denunciante captou dois carros do VigiaSUS em frente ao Hospital de Clínicas. Ora, transportando pacientes! Um era da Secretaria Municipal de Saúde de Tomazina, 19ª. RS, Jacarezinho, no dia 9/3/2017, por volta das 18 horas, e o outro era de Marilândia do Sul.

    Já que o VigiaSUS é um programa para estruturação e implementação da vigilância em saúde nos municípios do Paraná, por que motivo o veículo estava claramente fazendo transporte de pacientes desses municípios para o Hospital de Clínicas?

    A servidora enviou denúncia à Ouvidoria, ao Conselho Estadual de Saúde e à Comissão de Vigilância em Saúde para o devido acompanhamento e também pediu esclarecimentos.

    A funcionária quer saber quais as metas pactuadas no VigiaSUS em 2016? E explica que o uso indevido de veículos adquiridos com recursos do VigiaSUS, como a utilização para o transporte de pacientes, compromete o desenvolvimento das atividades das vigilâncias sanitária, epidemiológica, ambiental e de saúde do trabalhador.

    Canal - Se em sua região você percebe que há distorções nos programas, se você faz parte da vigilância e também percebe que há uso incorreto do recurso enviado para o desenvolvimento de ações nessa tão fundamental área da saúde pública, faça do Sindicato seu espaço de denúncia.

    Faça o seu relato. Junte as provas e envie junto. Você pode usar o nosso aplicativo Super Sind. Lá sua denuncia é anônima e o Sindicato vai representar junto aos órgãos competentes para que seja aberto processo investigatório.

    Balela- Muito do que a gestão fala de positivo desses programas são apenas palavras ao vento ou leitura forçada e destorcida da verdade.

Esta matéria pode ser reproduzida desde que citada a fonte.

Av. Marechal Deodoro, 314, 8º andar, conjunto 801 - Edifício Tibagi, Curitiba, PR CEP: 80010-010 Telefone: (41) 3322-0921 E-mail: contato@sindsaudepr.org.br

DOHMS