SindSaude Segunda-feira, 25 de março de 2019

Notícias

Imprimir
  • 27/04/2007

    Confira se chefias cumprem jornadas integrais

    Confira se chefias cumprem jornadas integrais
    O Código de Saúde do Paraná, em seu artigo 25, diz explicitamente que “Os cargos e funções de direção e chefia, no âmbito público do SUS, serão exercidos em tempo integral e, preferencialmente, por servidores integrantes do quadro específico.”. Essa lei estadual, com o nº 13.331, está valendo desde 23 de novembro de 2001. Mas os servidores sabem que nem todos as pessoas que ocupam cargos de chefias cumprem a jornada integral nesta função. É preciso denunciar essas irregularidades, apontando os chefes que não respeitam a lei. Para ocupar cargos de chefias é necessário que a pessoa se licencie das demais funções que exerciam no setor público ou privado. O SindSaúde teve acesso a informações sobre os vínculos de diversos diretores de regionais ou unidades de saúde, que reproduzimos abaixo. A direção sindical solicita aos servidores desses locais que informem se essas chefias cumprem o artigo 25 da lei 13.331/01. Confira a relação: Renato Soares Marin Diretor do CRE Marechal Também é professor no Colégio Estadual Pedro Macedo, em Curitiba Marcelo Pilonetto Diretor do Lacen É professor da PUC/PR, consultor do LABAC; diretor do Microscience; Responsável Técnico da Newprov para Laboratórios Ltda. Paulo Roberto Zanicotti Diretor da 1º Regional de Saúde É médico pediatra no Hospital Infantil Dr. Antonio Fontes, com 10 horas semanais; no Hospital Regional do Litoral, com 10 horas semanais; e no Centro de Saúde Balduína Lobo, com 20 horas semanais. Marcos Antonio Tomasetto Diretor da 10º Regional de Saúde É médico genicologista e obstreta na Policlínica Cascavel, com 24 horas semanais; no Centro de Saúde Los Angeles, com 20 horas semanais; no Hospital Universitário Oeste do Paraná (HUOP), com 12 horas semanais, na Clínica de Atendimento à Mulher, com 20 horas semanais. Takanori Yoshida Diretor do Hemonúcleo de Apucarana Médico Pediatra no Hospital da Providência, com 5 horas semanais; e Hospital da Providência Materno Infantil, com 4 horas semanais. Evandro Bazan de Carvalho Diretor da 18º Regional de Saude Médico anestesista na Santa Casa de Cornélio Procópio, com 6 horas semanais; plantonista na Santa Casa de Cornélio Procópio, com 8 horas semanais; e na Clínica Geral da Santa Casa de Cornélio Procópio, com 10 horas semanais. Kazuhiko Yamamoto Diretor da 16º Regional de Saúde Médico pediatra do Hospital da Providência Materno Infantil, com 9 horas semanais; e no Hospital da Providência, com 6 horas semanais. Antonio Carlos Pupulin Diretor da 15º Regional de Saúde Médico proctologista do Hospital Santa Lúcia, com 15 horas semanais; do Hospital e Maternidade Maria Auxiliadora, com 30 horas semanais; e médico plantonista do Hospital e Maternidade Maria Auxiliadora, com 30 horas semanais. Valmir Dallacosta Diretor da 7º Regional de Saúde Psicólogo da Policlínica Pato Branco, com 20 horas semanais. Jorge Luiz Zattar Diretor da 5º Regional de Saúde Médico neurologista do CIS Centro Oeste, com 40 horas semanais; clínico geral do Hospital Estrela de Belém, com 5 horas semanais; e do Posto de Saúde Municipal de Guarapuava, com 5 horas semanais. Sergio Andrekowicz Diretor da 6º Regional de Saúde Farmacêutico na Cisvalli, com 20 horas semanais. Adilson Castro Diretor da 17º Regional de Saúde Médico Pediatra na Santa Casa de Londrina, com 3 horas semanais; médico intensivista na Santa Casa de Londrina, com 11 horas semanais; médico pediatra no Hospital Evangélico de Londrina, com 6 horas semanais; no Hospital da Mulher, com 2 horas semanais; na UBS Jardim do Sol, do Hospital Universitário, com 20 horas semanais; no Hospital Universitário Regional Norte do Paraná, com 20 horas semanais. Fontes: www.nebac.com.br e www.cnes.datasus.gov.br Em tempo: Diretor de regional contesta dados do CNES O diretor da 10ª Regional de Saúde Marcos Antonio Tomasetto telefonou para a direção do SindSaúde no dia 2 de maio. Ele contestou as informações publicadas neste portal sobre os vínculos (empregatícios ou não) que ele teria, além do cargo de chefia da regional. As informações divulgadas foram extraídas do Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde – CNES, do Datasus. Para acessar, clique aqui. A direção sindical o orientou a enviar por escrito ao sindicato as informações corretas sobre seus vínculos de trabalho e também a atualizá-las junto ao Datasus. Para acessar o cadastro do Dr. Marcos Antonio Tomasetto, clique aqui. Depois do link feito, clique em cima do nome.

Esta matéria pode ser reproduzida desde que citada a fonte.

Notícias relacionadas

Nenhum registro encontrado.

Av. Marechal Deodoro, 314, 8º andar, conjunto 801 - Edifício Tibagi, Curitiba, PR CEP: 80010-010 Telefone: (41) 3322-0921 E-mail: contato@sindsaudepr.org.br

DOHMS