SindSaude Domingo, 21 de janeiro de 2018

Notícias

  • 11/11/2015

    Prática antissindical é motivo de repúdio no Congresso

    Prática antissindical é motivo de repúdio no Congresso
    Maioria dos gestores tentou dificultar a participação no evento

    Não é de hoje que o governo tenta impedir o trabalho do Sindicato nas unidades próprias. Também não é de hoje que trabalhadores, das mais diversas regionais, se deparam com obstáculos para participar de debates que podem oferecer crescimento pessoal e profissional.

    Mas este é, sim, o primeiro de tantos governos, nestes quase 26 anos de existência do SindSaúde, que a gestão faz de tudo para impedir a ação sindical. Só para ilustrar: muitas plenárias pré-congresso foram realizadas no pátio dos hospitais, na rua, no estacionamento. Tinha de ser onde dava. O abuso de poder era tanto que a maioria das chefias chegava a perder a noção de lugar público. Veja AQUI matéria sobre o assunto.

    Congresso – Como muita gente participou do Congresso na marra, enfrentou mesmo as ameaças da gestão, o jeito foi elaborar moção repúdio, já devidamente aprovada pelos delegados. Confira

    Moção de Repúdio contra a SESA por ação antissindical

    Foi impedida a escolha de delegados para o 7º Congresso do SindSaúde pelos diversos gestores de vários locais de trabalho dentro da SESA, bem como, a ameaça por parte do GRHS de vir ao Congresso e levar 4 faltas (quinta, sexta, sábado e domingo) aos servidores que desafiarem as ordens da SESA. Por esta atitude abusiva, retrógrada e arbitrária assinamos essa moção de repúdio.

Esta matéria pode ser reproduzida desde que citada a fonte.

Av. Marechal Deodoro, 314, 8º andar, conjunto 801 - Edifício Tibagi, Curitiba, PR CEP: 80010-010 Telefone: (41) 3322-0921 E-mail: contato@sindsaudepr.org.br

DOHMS