SindSaude Quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020

Notícias

Imprimir
  • 30/11/2006

    SindSaúde tenta solução negociada para 30h

    SindSaúde tenta solução negociada para 30h
    O SindSaúde vem buscando negociações com autoridades, que têm sido receptivas à idéia de formar uma comissão que construa um acordo sobre a jornada de trabalho. Enquanto esta comissão trabalha, as jornadas de 20 e 30 horas devem ser garantidas sem pr
    Desde que o Memorando Nº 31 ganhou publicidade, a direção do SindSaúde vem buscando o diálogo junto a autoridades públicas para efetivas negociações sobre a jornada de 30 horas e o respeito às jornadas nacionalmente regulamentadas. Diariamente vem realizando reuniões com autoridades no Palácio Iguaçu, na Secretaria da Saúde ou na Assembléia Legislativa à procura de solução para o impasse. O sindicato defende a criação de uma comissão para aprofundar as negociações sobre a jornada. Diálogo - A direção sindical tem argumentos sólidos e convicção da necessidade de se consolidar a jornada de 30 horas na saúde, respeitando as jornadas específicas. Nas conversas, diversas autoridades se mostram sensíveis às peculiaridades do trabalho na área da saúde e, com isto, posições preconcebidas contra a jornada vêm sendo superadas. O trabalho sindical está reforçando a compreensão de que o Decreto 4345/05 é recheado de ilegalidades porque fere legislações nacionais e orientação da Organização Mundial de Saúde (OMS). Ameaças - O sindicato tem relatado às autoridades as ameaças a que os trabalhadores são submetidos, causando muita indignação. É necessário que o governo mostre atitude para superar o clima de terrorismo que o memorando instaurou em alguns locais de trabalho. Resistência - Enquanto a direção sindical trabalha por uma solução negociada, os trabalhadores da saúde devem manter a jornada de trabalho que realizam há mais de 15 anos. Resistir é fundamental! O SindSaúde está e permanecerá na luta: Para por fim às ameaças contra trabalhadores, principalmente de desconto nos salários. Pela revogação do Decreto 4345/05, já que não tem respaldo legal. Pelo respeito à legislação federal, que regulamenta jornadas específicas para diversas categorias. Para que o Poder Executivo apresente projeto de lei regulamentando a jornada de 30 horas. Pelo estabelecimento de mesa de negociações permanente para solucionar impasses como o atual. Em tempo: No dia 30 de novembro completou um ano desde a aprovação da lei que regulamentou a jornada de 30 horas para os trabalhadores da saúde municipal de Cascavel.

Esta matéria pode ser reproduzida desde que citada a fonte.

Notícias relacionadas

Nenhum registro encontrado.

Av. Marechal Deodoro, 314, 8º andar, conjunto 801 - Edifício Tibagi, Curitiba, PR CEP: 80010-010 Telefone: (41) 3322-0921 E-mail: contato@sindsaudepr.org.br

DOHMS