SindSaude Quarta-feira, 11 de dezembro de 2019

Notícias

Imprimir
  • 27/11/2006

    Documentos solicitados servem apenas para levantamento

    Os servidores que ocupam cargos de agente profissional (3º grau) foram informados da necessidade de entregar os certificados e diplomas dos cursos de aperfeiçoamento profissional que realizaram e que não foram utilizados quando da primeira promoção que ocorreu em 2002. Todos receberam a notícia com muita satisfação, uma vez que a promoção está atrasada. Essa ascensão profissional deveria ter sido implantada em julho deste ano. A direção do SindSaúde estranhou a circulação do memorando que estabelece prazo para a entrega da documentação, uma vez que ainda não foi publicado decreto, nem edital para regulamentar a promoção. Buscando informações junto ao governo, a resposta que a direção sindical obteve na Sesa e na Seap é de que a documentação serve apenas para fazer levantamento do custo da próxima promoção. Perguntamos se o procedimento a ser adotado para essa promoção será igual ao da primeira. A resposta foi afirmativa. Portanto, ainda será deverá ser formada uma comissão para definir os critérios de promoção e, a partir disto, a Seap elabora proposta de decreto e apresenta ao governador. Se Requião não aceitar os termos do decreto, ele devolve com as sugestões de mudanças para a comissão estudar. Enfim, o trâmite é consideravelmente demorado. Após a publicação do decreto novo prazo é dado para a entrega de documentação e é nesse momento que de fato ocorrerá o processo de promoção aos servidores de nível universitário. Quanto menor for o atraso das promoções do pessoal de 3º grau, maior a probabilidade de que as promoções o pessoal de 2º e 1º graus ocorram no prazo previsto na lei. Deverá ser em julho de 2007 para os agentes de execução (2º grau) e em dezembro de 2007 para os agentes de apoio (1º grau). Nas conversas com representantes do governo a direção do SindSaúde vem sempre reafirmando que quer participar da elaboração dos critérios para a promoção. O objetivo do sindicato é evitar injustiças e defender que todos tenham seus direitos preservados.

Esta matéria pode ser reproduzida desde que citada a fonte.

Notícias relacionadas

Nenhum registro encontrado.

Av. Marechal Deodoro, 314, 8º andar, conjunto 801 - Edifício Tibagi, Curitiba, PR CEP: 80010-010 Telefone: (41) 3322-0921 E-mail: contato@sindsaudepr.org.br

DOHMS