SindSaude Domingo, 18 de novembro de 2018

Notícias

Imprimir
  • 01/02/2018

    Richa ataca quem se aposentou por invalidez

    Richa ataca quem se aposentou por invalidez
    Nova regra é parte integrante do último pacote de maldades

    O SindSaúde vem a público demonstrar a indignação da brava gente da Saúde diante do corte do Benefício Assistencial por Invalidez. O corte atingirá a maior parte das/os aposentadas/os por invalidez que recebiam o direito. Pago às/aos servidores e policiais que precisam de ajuda de um cuidador, a partir do mês de janeiro só terá direito a ele quem receber menos de três salários mínimos.

    O benefício, que tem o valor de R$ 954, ajuda a dar um pouco mais de dignidade a quem não tem condições de trabalhar e necessita de atenção especial. Mas até aí o governador quer economizar. Para ele e para o secretário da Fazenda o importante é sacanear a trabalhadora e o trabalhador, não importa o sofrimento que isso vai causar.

    Além de instalar a mudança na regra de quem recebe, o decreto 8.172, que colocou a lei de fato em prática, ainda mexe com as regras da perícia.

    Leia AQUI o documento.

    Revolta - A lei 19.130 é resultado do pacote de maldades aprovado em 2017. Mesmo com toda a mobilização da sociedade, incluindo o SindSaúde, as/os deputadas/os estaduais disseram amém para os anseios do governador . Foi a mesma lei que desvinculou o reajuste da GAS ao reajuste salarial. A partir de agora o governador pode reajustar o salário e deixar a gratificação na geladeira o tempo que quiser.

    Atitude –A equipe sindical procurou o presidente da ParanaPrevidência, Wilson Quinteiro, para falar sobre o assunto mas ele está de férias. Nesse caso quem poderia responder seria o diretor Edson Wazem, que não foi localizado e não retornou a ligação.

    Para a coordenadora do SindSaúde, Monica Glinski, tudo o que esse governo faz é cortar direitos e aumentar impostos. “Essa medida fere o direito do idoso. Entre outras ações, o SindSaúde adotará medidas na promotoria de direitos humanos e na promotoria de defesa do idoso”.

Esta matéria pode ser reproduzida desde que citada a fonte.

Av. Marechal Deodoro, 314, 8º andar, conjunto 801 - Edifício Tibagi, Curitiba, PR CEP: 80010-010 Telefone: (41) 3322-0921 E-mail: contato@sindsaudepr.org.br

DOHMS