SindSaude Segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

Notícias

Imprimir
  • 05/10/2018

    Diretor do HRLSS mal assume e já pisa na bola

    Diretor do HRLSS mal assume e já pisa na bola
    HRLSS - Reprodução SindTV
    Novo gestor diz que não há necessidade de novas contratações e que terceirizar sai mais barato

    Na dança das cadeiras do Hospital Regional São Sebastião da Lapa caiu Miguel Wille e foi nomeado para o cargo Eduardo Arauz. De acordo com o blog Canal da Cidade, Arauz é farmacêutico e bioquímico, especializado em microbiologia. Já trabalhou na direção administrativa do Hospital e agora volta com o desafio de ser o diretor-geral da unidade, referência no tratamento de tuberculose no Brasil.

    Em entrevista ao blog, o novo diretor falou que não foi feita a recomposição das/os funcionárias/os que se aposentaram porque não há necessidade, e porque existem as terceirizações que saem mais barato!

    Leia a íntegra desse depoimento

    Antigamente não existia a ideia de terceirização, hoje já está comprovado que sai mais barato para o estado terceirizar setores, igual foi feito aqui no São Sebastião com a lavanderia. Mas, por conta do sistema usado antigamente houve realmente um inchaço de funcionários no Hospital. Mas isso vem mudando, quando eu trabalhei aqui pela primeira vez havia quase 600 funcionários. Hoje são 460.

    Muitos funcionários se aposentaram e a reposição não foi feita por que não há necessidade. A nossa maior necessidade hoje, como em todas as unidades de saúde, são os médicos. O médico é a ponta de tudo, hoje estamos com uma deficiência no quadro e é preciso lutar para resolver isso. Assim o hospital vai poder ajudar cada vez mais a população da Lapa.

    Números – Para se ter uma ideia do mal que são as terceirizações fazem e o dinheiro que consomem, segue abaixo o quadro com dados extraídos do Diário Oficial do Estado e do site transparência do governo.

    Para além do absurdo desses números, a questão é que não há qualidade nos serviços prestados pelas terceirizadas.

    De olho no voto – Em ano pré-eleitoral e de eleições, Beto Richa e Caputo Neto e agora Cida Borghetti procedem à farta distribuição de recursos aos municípios. É o famoso toma lá dá cá! É vida que segue, barco que afunda e população que tem de viajar para ter atendimento porque o São Sebastião carece de atenção.

Esta matéria pode ser reproduzida desde que citada a fonte.

Av. Marechal Deodoro, 314, 8º andar, conjunto 801 - Edifício Tibagi, Curitiba, PR CEP: 80010-010 Telefone: (41) 3322-0921 E-mail: contato@sindsaudepr.org.br

DOHMS