Notícias

Brasil quer adotar as mesmas reformas que deram errado no Chile

ūü§• Para aprovar a Reforma Administrativa (PEC 32/2020), o ministro da Economia, Paulo Guedes, cita o modelo econ√īmico adotado pelo Chile na d√©cada de 1980 como um grande sucesso.

 

ūüė≠ Mas, a verdade √© que h√° 40 anos foram implementadas pol√≠ticas que levaram ao fim de quase todos os servi√ßos p√ļblicos gratuitos e essenciais.

 

ūüíĒ L√°, eles pagam impostos semelhantes aos nossos. Por√©m, praticamente n√£o s√£o assistidos pelo Estado em seus direitos b√°sicos. Pagam caro por sa√ļde, educa√ß√£o, √°gua, e recebem aposentadorias miser√°veis (90% recebe menos de 60% de um sal√°rio-m√≠nimo).

 

ūüá®ūüáĪ O esgotamento daquele sistema gerou uma convuls√£o social que se transformou em gigantescas manifesta√ß√Ķes entre 2019 e 2020, exigindo o fim das Reformas e o retorno dos servi√ßos p√ļblicos gratuitos. Conquistaram a aprova√ß√£o de um plebiscito e uma nova Constitui√ß√£o ser√° criada!

 

ūü§ź Contudo, Guedes esconde isso, e tamb√©m n√£o fala como o projeto do governo vai prejudicar o povo. Sobre o fracasso do modelo implementado no Chile, ele agora se cala.

 

ūü§Ď As reformas do governo s√£o um grande sucesso APENAS para a iniciativa privada, que se aproveita dos servi√ßos p√ļblicos para lucrar √†s custas das car√™ncias do povo.

 

⚠ Entenda: lutar contra a PEC 32 é defender a população brasileira (sobretudo a mais pobre), para que nosso país não colha lá na frente o resultado dessa bomba-relógio que o governo pretende implementar.

 

‚úäVem com a gente, e valorize o servi√ßo p√ļblico. √Č para todos!

 

#Servi√ßoP√ļblico #√ČPublico #√ČpraTodos #ValorizeOServidor #ReformaAdministrativaN√£o

 

Fonte: √Č P√ļblico, √© para todos